Abordando a ostentação do funk, “A Liga” bate recorde e ultrapassa novela da Globo

Por Philippe Azevedo

A nova temporada de “A Liga” estreou pela Band nesta terça-feira, 16. A atração, que contou com novos apresentadores e com novo formato, abordou o funk e a ostentação dos cantores do ritmo. A edição marcou ótimos índices para a emissora paulista e chegou a alcançar a liderança por vários minutos enquanto a Globo exibia “Saramandaia”.

Além de mostrar como funciona a criação do funk e os artistas que pedem o reconhecimento da cultura, o programa entrevistou amigos e familiares do cantor MC Daleste, que foi assassinado durante uma apresentação em Campinas (SP).

A atração, de acordo com dados consolidados, marcou 10 pontos de média com pico de 13. A Globo, no mesmo período, fechou com 11 pontos. Cada ponto equivale a 62 mil domicílios na Grande São Paulo.

Nessa quarta temporada de “A Liga”, Mariana Weickert, Rita Batista e China se juntam aos veteranos Thaíde e Cazé em uma nova proposta visual, com novos quadros e conteúdo ainda mais dinâmico.

Add Comment