Caminhoneiros interditam rodovias importantes de oito Estados

Por Philippe Azevedo – Com informações do portal R7*

Começou na manhã desta segunda-feira (01) os protestos de vários caminhoneiros em pelo menos oito Estados. Algumas vias chegaram a ficar totalmente bloqueadas.

Segundo o Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC), que organiza as manifestações, as interdições podem durar até às 6h de quinta-feira (04).

Importantes rodovias de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Santa Catarina e Bahia tiveram retenções e motoristas sofreram com problemas durante a manhã e tarde de hoje.

O MUBC convocou caminhoneiros, empresas e cooperativas de transporte, além de outros serviços relacionados ao setor para “promover uma paralisação pacífica de suas atividades, até que as autoridades do País apresentem soluções para as questões nacionais e do TRC [transporte rodoviário nacional]”.  Entre as principais reivindicações, a entidade quer que haja subsídio no preço do óleo diesel – combustível usado pelos caminhões –, com o objetivo de baratear o preço dos alimentos e produtos.

Os caminhoneiros também pedem que sejam isentos de pagar pedágio em todas as rodovias. A categoria também pede a criação de uma secretaria especial, ligada à presidência da República, que trate do transporte rodoviário de cargas. Também é exigida a votação e sanção imediata do projeto de lei que aprimora a Lei do Motorista.

O bloqueio das rodovias Castelo Branco, na região de Itapevi, Anchieta, em São Bernardo do Campo, ambas na Grande São Paulo, e Cônego Domenico Rangoni, em Cubatão, na Baixada Santista, iniciado nesta segunda, pode se prolongar até quinta-feira (4). O protesto pode terminar antes, caso o governo aceite negociar com os caminhoneiros.

Na via Dutra, principal ligação entre Rio e São Paulo, motoristas chegaram a bloquear totalmente a pista por cerca de meia hora no sentido Rio, mas liberaram por volta das 16h50. O bloqueio se deu na altura do km 274, em Barra Mansa (sul fluminense). Na rodovia Washington Luiz (BR-040), que liga a capital fluminense a Petrópolis, caminhoneiros tomavam uma faixa em cada sentido da via por volta das 17h no km 61. Carros e motos estavam conseguindo passar, mas as carretas eram paradas.

Add Comment