Com problemas estruturais, Engenhão ficará fechado por 18 meses para reparos

Entrevista

Por Yan Pedro

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (7), o engenheiro Sebastião Andrade, o secretário municipal de obras, Alexandre Pinto, e o presidente da RioUrbe, Armando Queiroga, anunciaram a interdição do Engenhão por, no mínimo, 18 meses. Desde 26 de maio fechado, o estádio passará por um reforço na estrutura, que cedeu 50% a mais que o esperado.

O engenheiro Sebastião Andrade explicou o porquê das reformas. “A causa deste comportamento tem a ver com a concepção estrutural. O arco, por exemplo, na situação atual, se movimentou bastante. Isso tudo levou a níveis mais baixos de confiabilidade. A comissão decidiu que não dá para deixar desse jeito, precisa-se recompor estes níveis.”

De acordo com a empresa alemã SchlaichB ergermann und Partner (SBP), ventos acimas de 63 km/h poderia causar o cloapso da estrutura, levando risco aos torcedores.

Add Comment