Com show de Neymar, Brasil derrota México por 2 a 0 no Castelão

Brasil

Por Yan Pedro

O Gigante acordou. A frase usada pelo manifestantes que estão indo às ruas nos últimos dias, pode ser adequada ao futebol que Neymar apresentou nas duas primeiras partidas da Copa das Confederações. Nesta quarta-feira (19), ao lado da torcida cearense, que entoou o hino nacional de forma emocionante no Castelão, o Brasil venceu o México por 2 a 0, com direito a show de Neymar. 

O Brasil começou melhor a partida. Com Neymar no comando das ações ofensivas, a seleção pressionou os mexicanos na primeira metade dos 45 minutos. Logo no primeiro minuto, o atacante do Barcelona fez boa jogada pela esquerda, cruzou na área, mas Fred não alcançou. Aos 8 minutos, um golaço. Daniel Alves cruzou na direção de Fred, o zagueiro mexicano desviou, e Neymar, de primeira e com a perna esquerda, acertou uma bomba no canto direito da meta mexicana.

Aos 15 minutos, Marcelo tentou dar um chapéu dentro da área, não conseguiu e, no bate-rebate, Mier quase empatou o jogo. Mesmo com a chance, o Brasil continuava no comando da partida. Na marca dos 22 minutos, Ferd lançou para Neymar, que dominou no peito, limpou a jogada e bateu forte de esquerda. Passou perto. Depois disso, o México ficou mais com a posse da bola, contudo, criava poucas chances.

Como na primeira etapa, a seleção iniciou melhor. Aos nove minutos, Hulk tabelou com Neymar, invadiu a área, mas chutou na rede pelo lado de fora. Um minuto mais tarde, foi a vez de Neymar. O atacante arrancou pela esquerda, passou pelo marcador, e chutou cruzado, assustando o goleiro Corona.

Aos 20 minutos, Paulinho arrancou do campo de defesa, passou por vários marcadores e tocou para Neymar. O jovem craque chutou no canto da meta defendida por Corona, que espalmou para escanteio. Já nos acréscimos, Neymar brindou a torcida com mais um lance genial. Marcado por dois jogadores, ele colocou a bola entre as pernas do mexicano, cruzou para Jô, que de primeira sacramentou a vitória brasileira. 

Agenda

Agora, a Seleção Brasileira precisa apenas que o Japão não vença a Itália, às 19h, na Arena Pernambuco, em Recife. O próximo confronto do Brasil será sábado (22), às 16h, em Salvador, na Arena Fonte Nova, contra a Itália.

Manifestações 

Protestos dentro do Castelão

Dentro do estádio, mesmo sem a permissão da Fifa, alguns torcedores conseguiram levar cartazes expressando sua insatisfação com o atual momento do país.. “Esse protesto não é contra a Seleção, mas sim contra a corrupção. #OGIGANTEACORDOU”

Protestos

Horas antes do início da partida, cerca de 15 mil pessoas, segundo a Polícia Rodoviária Federal, protestavam contra os gastos excessivos das obras para a Copa. A partir de um certo momento, o grupo furou a primeira de três barreiras policiais, que impediam o progresso dos manifestantes em direção ao estádio Castelão. Logo depois de ultrapassar o raio de 3 km, determinado pela Fifa, policias impediram um maior avanço das pesoas com balas de borracha, bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta.

Add Comment