Conceito de parque linear no México

O projeto é do arquiteto Fernando Romero, que surgiu com um conceito belo e funcional de uma espécie de parque localizado sobre a Avenida Chapultepec, uma das ruas mais antigas da Cidade do México.

O conceito pode ser visto como uma grande área da avenida transformada em uma série de ambientes integrados, proporcionando espaços públicos bem no coração do centro urbano. O espaço será dividido em três áreas, onde o primeiro andar é específico para ciclistas, patinadores, cadeirantes, e mães com carrinho de bebê. Subindo um andar, a população terá um espaço de lazer com passarela para pedestres, lojas e espaços culturais, onde acontecerão apresentações de teatro, e mais. Já a parte superior, por sua vez, será recheada com área verde.

parque_mexico_7

Em entrevista, Romero diz que a água teve participação crucial na inspiração de seu trabalho.

“Por que a água?”, você deve estar pensando. Segundo pesquisas, foi construído em 1532 um canal onde hoje é a Avenida Chapultepec. O canal dividiu os bairros indígenas de San Juan e San Pablo, trazendo água para aquela região. Durante o século 18, porém, o fluxo de água cessou e a estrutura se transformou em um viaduto abandonado. Em 1900, o primeiro bonde elétrico do país fazia seu percurso ao longo dessa trajetória e, em 1972, inaugurou a primeira linha de metrô. Tudo isso nos leva a concluir, enfim, que essa parte da cidade é muito importante!

“Pensamos que poderia ser interessante trabalharmos com uma geometria inspirada na fluência da água, porque o parque faz, da forma mais eficiente e contínua, a ligação entre os diferentes contextos da cidade”, diz Romero.

parque_mexico_2

parque_mexico_8

O governo da Cidade do México propôs uma revitalização da avenida depois de tomar ciência de fatos como as altas taxas de acidentes no local – a maior da cidade – e da difícil locomoção de pedestres e ciclistas. O parque linear cobrirá 1,3 km da avenida, e foi nomeado “Corredor Cultural de Chapultepec.” Os responsáveis pelo projeto foram Fernando Romero, do estúdio FR-EE, FRENTE Arquitetura, e RVDG.

O projeto ainda promete internet gratuita no corredor, aumento do número de árvores, ordenação do fluxo de tráfego, e segurança 24 horas.

parque_mexico_1

parque_mexico_3

parque_mexico_4

parque_mexico_6

parque_mexico_5Fonte: designboom

creativeDTLOGO2-e1416597059916

Equipe D&T

Add Comment