Copa das Confederações terá maior segurança, diz Dilma Rousseff

 

Dilma afirmou que a megaoperação será um acréscimo ao trabalho de segurança  - Ed Ferreira/Estadão
Ed Ferreira/Estadão
Dilma afirmou que a megaoperação será um acréscimo ao trabalho de segurança

 

“Em maio, uma grande operação militar vai cobrir toda a nossa fronteira terrestre, cerca de 16 mil km, para coibir crimes e dar mais segurança para a Copa das Confederações”, prometeu a presidente na coluna “Conversa com a presidenta”, publicada nos portais do governo.

Dilma afirmou que a megaoperação será um acréscimo ao trabalho de segurança executado pelos estados em razão do evento esportivo, que servirá de prévia para a Copa do Mundo, no próximo ano. “A segurança pública é uma responsabilidade constitucional dos Estados, mas o governo federal tem o dever de participar na sua área de atuação, e é o que estamos fazendo”.

A ação vai integrar o Plano Estratégico de Fronteiras, lançado pelo governo federal em 2011. “Desde agosto de 2011, quando lançamos o Plano Estratégico de Fronteiras, as Forças Armadas e as polícias federais e estaduais trabalham de forma coordenada para combater os crimes transfronteiriços, principalmente o tráfico de drogas”, explicou Dilma.

A megaoperação é anunciada na esteira dos atentados à bomba na Maratona de Boston, na segunda-feira da semana passada. Na ocasião, duas bombas explodiram próximas à linha de chegada da prova, causando a morte de três pessoas e deixando mais de 180 feridos.

 

Fonte : Estadao

Add Comment