Ivanovic marca no último minuto, Chelsea vence Benfica e conquista a Uefa Europa League

Por Yan Pedro

O Benfica perdeu de forma drámatica para o Clesea nesta quarta-feira, em Amsterdam. Após ser derrotado no último minuto para o Porto no final de semana e praticamente dar adeus ao título português, os benfiquistas viram o filme se repetir apenas quatro dias depois de perder para o maior rival. Mesmo sendo dominado por boa parte da partida, o time inglês conseguiu sair com a vitória após gol de cabeça do zagueiro Ivanovic.

A primeira etapa teve amplo domínio benfiquista. Foram várias oportunidades criadas, mas no moemento de finalizar a gol  a equipe portuguesa demorava para chutar ou era travada pelos defensores do clube inglês. Os 55% de posse de bola ao time de Lisboa não ilustram bem como foi o primeiro tempo. O Chelsea conseguiu chegar à meta do goleiro Artur apenas duas vez. Oscar e Lampard, com chutes de fora da área, exigiram boas defesas do goleiro brasileiro. Contudo, os primeiros 45 minutos terminaram sem gol.

O clima na Amsterdam Arena era de festa. Mais de 50 mil torcedores de Benfica e Chelsea lotaram o estádio onde joga o AFC Ajax. Eles protagonizaram uma bela disputa nas arquibancadas.

Assim como na primeira etapa, o Benfica começou melhor os 45 minutos da segunda etapa. Aos sete minutos, Oscar Cardozo, de cabeça, balançou as redes. Mas o jogador paraguaio estava minimamente impedido. A partir desse momento, o Chelsea esboçava uma melhora. Aos 14 minutos, Petr Cech laça a bola para o campo de ataque, Mata desvia e Fernando Torres aproveita a falha da zaga benfiquista, dribla o goleiro e abre o placar para o Chelsea.

Mas a comemoração inglesa durou apenas oito minutos. Azpilicueta colocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Cardozo cobrou no meio da meta e empatou a partida. Ais 36 minutos, Cardozo quase colocou à frente o time de Portugal. Cech, com as pontas do dedo, espalmou o forte chute.

Quando tudo indicava a prorrogação, Juan Mata, após Ramires conseguir ganhar o escanteio, cobra na cabeça do zagueiro sérvio Ivanovic. Explosão dos blues e decepção dos benfiquistas. Mas ainda teve tempo para uma última oportunidade para os portugueses, mas o goleiro Cech, novamente, salvou o time do Chelsea.

Add Comment