Jovem brasileiro se torna o digitador mais rápido do mundo

Por Philippe Azevedo

O jovem catarinense Marcel Fernandes Filho, de 18 anos, foi parar no Guinnes Book, o livro dos recordes, por conseguir digitar nove letras por segundo.

Marcel participou de um concurso realizado pela Flexy e venceu com folga. Ele foi indicado pelo Guinnes, e foi até à Nova York, com todas as despesas pagas e não decepcionou. O recorde anterior era de 160 letras digitadas em 18,44, mas o jovem superou e fez em 18,19 segundos.

“Não fiquei nervoso. Precisava estar muito concentrado e foi muito legal ganhar”, explicou. Entre as regras do concurso, estavam o uso do corretor automático e apagar as partes erradas.

Add Comment