Mãe diz que doou bebê por não saber quem é o pai da criança

A mãe que doou o próprio filho para um casal de adolescentes do Rio de Janeiro disse que ofereceu o menino na internet por não saber quem é o pai da criança. Para justificar o sumiço do bebê, Renata Soares da Costa, de 19 anos, inventou um sequestro.

Segundo a Polícia Civil, a gerente de lanchonete prestou novo depoimento nesta quinta-feira (28) e disse ter dúvidas sobre a paternidade do bebê, de apenas dois meses. Apesar da afirmação, a polícia não descarta outras motivações e o inquérito segue normalmente.

 

A advogada de Renata entrou com um pedido de habeas corpus para a jovem, que está no Complexo Penitenciário Estevão Pinto, no bairro Horto, região leste da capital mineira. Na última terça-feira, a gerente reencontrou e amamentou o filho.

O pai da criança, Jhoney Lima Santos Nulhia, acredita que a companheira sofra de depressão pós-parto. Ele ainda não compreende como Renata, com quem conviveu por quatro anos, decidiu entregar o filho após combinar a entrega na internet.

— Está muito difícil a aceitação. Ela ainda não me explicou nada. Pra mim, provavelmente, ela está com algum distúrbio pós-parto.

A história

A jovem disse que carregava o filho pela avenida Oiapoque, no centro de BH, quando foi rendida por um homem armado. Ele teria ordenado que ela entregasse a criança e não olhasse. Renata disse que o homem estava com um casal de feições orientais que falava uma língua que ela não entendia.

2 thoughts on “Mãe diz que doou bebê por não saber quem é o pai da criança

Add Comment