Monique Evans rebate críticas sobre a suposta transa de Bárbara Evans com Mateus Vedelho

Philippe Azevedo

Não somente as brigas e os conflitos agitam a sexta edição do programa “A Fazenda”, exibido pela Record. Na madrugada da última quinta-feira (18), Bárbara Evans e Mateus Vedelho protagonizaram carícias quentes após a festa “Fundo do Mar” do reality-show. Na internet, os comentários foram além. Os dois, segundo internautas, teriam transado em baixo do edredom.

Por sua vez, Monique Evans resolveu rebater algumas críticas que a filha, Bárbara Evans, vinha recebendo após a cena. A apresentadora, no entanto, diz que ela é “maior de idade e que sabe que terá consequências dos seus atos”. A declaração foi feita em sua rede social.

“Será??? AFFFF. Ela nunca se fez de Santa, é maior de idade e vai ter que arcar com as consequências dos seus atos!!Ela não foi a primeira, e sabemos que muitas fizeram! Espero que ela se sinta bem ao acordar, porque a pior coisa.. É o remorso e a culpa!!”.

Por outro lado, Monique chamou o casal de “adolescentes apaixonados”.

“Se pra eles aquilo  tiver sido um momento lindo, não vão sentir culpa, e tudo vai ficar bem! Parecendo um filme de adolescentes apaixonados.  Mas que isso vai dar o q falar.. Preparados pra roça?? Agora estou com sangue nos olhos!!E sem medo de ser FELIZ!!!”.

A mãe de Bárbara foi além e disse que quer um netinho. Monique torce para que a filha não tenha tomado pílula.

Ainda em sua rede social, Monique esclareceu aos seguidores que não estava confirmando se houve ou não sexo. Ainda questionou os leitores o porquê isentaram Mateus da situação e só criticaram Bárbara.

“Gente, eu não estou assumindo que ela fez.. Todos estão dizendo!.. Só falaram dela.. Por que esse machismo todo? Duas pessoas talvez tenham feito amor, e porque só criticaram a mulher? Homem pode tudo???”, disparou Monique em defesa da filha.

O vídeo que mostrava as carícias foi removida dos principais sites de vídeo.

A edição do programa não confirmou a suposta transa nem mesmo o site oficial da atração que considerou as carícias com “movimentos suspeitos”.

Add Comment