Palácio Guanabara amanhece com reforços na segurança e viaturas extras na visita do papa

(Foto: Reprodução)

Philippe Azevedo

A chegada do Papa Francisco está marcada somente para às 16h desta segunda-feira (22), mas a segurança já foi reforçada no Palácio Guanabara. Na manhã de hoje, o Palácio amanheceu com viaturas extras da Polícia Militar estacionadas aos redores. As grades pateadas que cercavam a sede do governo deram lugar a uma cerca amarela, mais alta, que se estende por toda a frente  do imóvel. A precaução visa afastar possíveis vândalos infiltrados no protesto que está confirmado para esta tarde.

A recepção ao papa será feita pelo governador Sérgio Cabral, o prefeito Eduardo Paes e a presidente Dilma Rousseff, além de outras autoridades. A festa custou, segundo a assessoria do governo do Estado, R$ 850 e servirá buffet simples, com café, água e biscoito. 650 pessoas foram convidadas.

Uma série de alterações devem acontecer no trânsito do Rio de Janeiro com a visita do papa para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A prefeitura montou um esquema especial para o desfile do papa em carro aberto no centro, nesta segunda-feira.

Trajeto do papa

O papa vai desfilar às 17h saindo da Catedral Metropolitana, passando pela avenida República do Chile, avenida Rio Branco, rua Araújo Porto Alegre, avenida Graça Aranha, avenida Nilo Peçanha e novamente na avenida Rio Branco em direção ao Theatro Municipal.   

A operação da prefeitura teve início à meia-noite desta segunda com a proibição de estacionamento em diversas ruas do centro. Os principais fechamentos acontecerão às 15h. Para facilitar a locomoção, a prefeitura pede para que o cidadão carioca utilize o transporte público.

Add Comment