Prefeito australiano exige que Justin Bieber apague grafite que fez na cidade

O prefeito da cidade de Gold Coast na Austrália, Tom Tate, determinou que o cantor pop Justin Bieber apague o grafite que deixou ontem (27) em uma parede de um hotel desta cidade, informou nesta quinta-feira (28) a imprensa local.

Bieber fez o grafite em um muro externo de um exclusivo hotel situado no subúrbio de Surfers Paradise, em Gold Coast, cujas fotos da pintura foram divulgadas pelo próprio hotel nas redes sociais, informou a emissora “ABC”.

O prefeito de Gold Coast declarou que o cantor deve arcar com os prejuízos de suas ações e afirmou que o artista canadense é “muito, muito tolo”.

“Vamos oferecer a ele a opção de remediar e apagar a pintura primeiro”, caso contrário, “vamos exigir que faça trabalhos comunitários”, disse o político.

De acordo com as leis australianas, esse tipo de infração tem como punição entre 80 e 100 horas de trabalhos comunitários, mas o prefeito declarou à “ABC” que, por se tratar de uma estrela internacional, tudo estaria resolvido se ele participasse de um espetáculo de natal que acontecerá no próximo dia 7 em Gold Coast.

Justin Bieber fez esta semana, em Brisbane, o primeiro dos oito shows programados para a turnê australiana. O cantor se apresenta em Sydney amanhã (29) e sábado (30).

Esta não é a primeira vez que o astro teen se envolve em uma polêmica relacionada com grafite. No início de novembro, durante sua passagem pelo Brasil, Bieber se envolveu em uma confusão com fotógrafos que o registraram grafitando o muro do antigo Hotel Nacional, em São Conrado, na Zona Sul do Rio de Janeiro. A pintura foi feita sem autorização e o cantor acabou sendo autuado pela polícia.

Fonte: R7

Add Comment