Teleton chega à 19ª edição

Na manhã da última terça-feira, 25 de outubro, foi realizada a coletiva de imprensa do Teleton 2016. O SBT reuniu mais de 180 jornalistas para conversar com os padrinhos Eliana e Daniel, a jornalista Karyn Bravo, o apresentador Celso Portiolli, a atriz Larissa Manoela e a presidente da AACD Regina Scripilliti Velloso. Samuel, a criança símbolo da 19ª edição do evento, também conversou com os profissionais de mídia. Muito simpático, ele contou sua história de vida e ressaltou a importância de fazer escolhas: “Independente de não ter mais meus braços, eu escolhi ser feliz”.

Eliana se emocionou com a história do pequeno Samuel, ressaltando que após se tornar mãe, ficou ainda mais sensível: “Quando a gente faz o bem para o outro, faz para si”. Samuel Silva, de 11 anos, teve os dois braços amputados em um acidente com fios de alta tensão enquanto empinava pipa e está na AACD há um ano e meio. A criança símbolo passou pela reabilitação física tendo um tratamento bem sucedido e, atualmente, já realiza tarefas com autonomia, além de praticar natação e capoeira pela AACD Esportes. “Contamos com a generosidade do brasileiro para manter os projetos da AACD. Estamos aqui todo ano, pedindo e falando quase a mesma coisa porque o problema não passa”, completou Eliana.

teleton2016
Fotos: Cauana Fernandes/SBT

Daniel ressaltou que todos podem ser padrinhos do Teleton: “Somos todos padrinhos do Teleton. Todo mundo que ajuda o projeto é também um padrinho. Temos que juntar o pouquinho que cada um pode dar para chegar aos 27 milhões. A meta é ousada, mas tenho certeza que vamos superar este número”. Já Celso Portiolli lembrou da solidariedade do brasileiro em um ano de crise: “O número de famílias que a AACD atende é impressionante. O país está em crise e isso me preocupa muito. Mas o brasileiro é solidário e tenho certeza que o povo, independentemente da situação econômica, vai ajudar o Teleton 2016. Estamos há 19 anos lutando pela AACD, que não atende só pessoas que nasceram com deficiências. Qualquer pessoa, que tenha um problema durante a vida, pode ser paciente da AACD”.

Com o tema Igualdade, o Teleton, maior plataforma de arrecadação de recursos da televisão brasileira,trabalhará o conceito “somos todos iguais, somos todos Teleton”, para ajudar a sensibilizar o público e atingir a meta de R$ 27 milhões. O tema visa destacar que todos têm sonhos e objetivos semelhantes, independente das diferenças. Além de promover a reflexão, ressaltando que a ajuda de cada um é muito importante, já que o Teleton é um dos principais meios de captação de recursos para a AACD. Exibido nos dias 4 e 5 de Novembro, o Teleton 2016 já possui 268 atrações artísticas e a meta de R$ 27 milhões: um milhão a mais do que em 2015. Para contornar o ano de crise econômica no Brasil, o Teleton conta com a solidariedade do brasileiro. “A nossa intenção é entrar nas casas dos telespectadores brasileiros, conseguindo mostrar as diversas histórias de superação que nos encantam diariamente pelos corredores da AACD, evidenciando que elas só são possíveis com a colaboração de todos por meio de doações” – afirma Angelo Franzão, superintendente de Captação de Recursos e Marketing.

Segundo Valdesir Galvan, superintendente geral da AACD, a Instituição também foi atingida pela crise econômica, tendo uma queda de 30% nas doações, mas está otimista com a arrecadação do Teleton 2016 para dar continuidade as atividades realizadas nas 12 Unidades, distribuídas em seis estados do Brasil. “Avaliando sobre a visão econômica, estamos em um ano atípico com uma redução de cerca de 30% nas doações”. Por isso, mais do que nunca, precisamos da colaboração de todos para mantermos nosso trabalho e continuarmos realizando sonhos de nossos pacientes. Estamos confiantes e esperamos conseguir alcançar a meta estabelecida.” – afirma Angelo Franzão, superintendente de Captação de Recursos e Marketing.

Este ano, o Teleton será transmitido pela TV Cultura em uma programação especial na sexta, no sábado de manhã e durante o encerramento; e pelo canal Multicultura Educação, que transmitirá o programa ao vivo. Além da parceria com as rádios Nativa, Top FM, Mix FM, Transamérica e Rede Massa.

O primeiro Teleton ocorreu em 16 de maio de 1998, no SBT, com o objetivo de angariar recursos para o tratamento e reabilitação dos pacientes. Naquele ano, o projeto arrecadou R$ 14.855.000,00 que foram utilizados na construção de uma nova unidade da AACD em Recife (PE) — a primeira fora de São Paulo — e na reforma da unidade da Mooca, na capital paulista.

“Há 19 anos o SBT faz parte da organização do Teleton junto com a AACD, trabalho que se renova e se torna uma grande experiência todos anos. É muito gratificante promover a igualdade e ainda ajudar a Instituição, que realiza um importante trabalho com pessoas deficientes físicas.” – afirma Michael Ukstin, diretor geral do Teleton.

Todos os anos, durante a exibição do Teleton, o SBT tem uma programação especial totalmente voltada ao projeto. São mais de 24 horas com reportagens especiais sobre a AACD, prestações de contas, além da apresentação de artistas renomados e atrações musicais.

O Teleton foi criado em 1966, nos Estados Unidos, pelo ator e comediante Jerry Lewis, que teve um filho com distrofia muscular. Desde então, é realizado anualmente e serviu de inspiração para outras campanhas televisivas pelo mundo. No Brasil, o primeiro Teleton ocorreu em 16 de maio de 1998 no SBT com o objetivo de levantar recursos para o tratamento e reabilitação de pacientes atendidos nas unidades da AACD.

Fotos: Cauana Fernandes/SBT

Doações:

Por telefone

  • 0500 12345 05 para doar R$ 5
  • 0500 12345 15 para doar R$ 15
  • 0500 12345 30 para doar R$ 30
  • 0800 776 2016 qualquer valor acima de R$ 30

Por SMS: Envie uma mensagem de texto para 28127 com a letra T

Pelo site: www.teleton.org.br

Add Comment